Buck Rogers: Um Futuro Filme?

Estou impressionado com este vídeo.

Embora muito simples, é comovente ver esta conversa entre Buck e seus Pais a respeito de seu desejo em viajar para França e se unir a seus compatriotas na Segunda Guerra.

Mas o que me comoveu aqui, foi rever Gil Gerard e Erin Gray, o Buck e Wilma da série de TV dos anos 80, como os pais do novo Buck.

Não sei se este é apenas um fan filme, ou se é uma amostra de um futuro filme sobre a persongem. Se o for, ganhou meu respeito, e ingresso, somente com este vídeo.

Rocky Balboa – A Saga de Um Campeão

Rocky Balboa

A Série Rocky sempre foi uma de minhas sagas favoritas.

O Garanhão Italiano

A história do lutador Rocky Balboa se confunde com a própria história pessoal de seu interprete e criador, Sylvester Stallone que lutou muito para conseguir atingir seus objetivos.

Todos os filmes fazem parte de um contexto e criam uma história única e vencedora. Dura como a vida é, com todos os seus percalços, espinhos e erros. Na Saga de Rocky, um destes erros sempre foi ele ter terminado com o Rocky V, o mais fraco e equivocado de todos. A história teve um final infeliz, mas, como eu mesmo já disse antes, a vida real é dura e nem sempre as coisas saem com desejamos.

Quando Rocky VI, ou Rocky Balboa foi divulgado, no inicio me perguntei: Para quê. Stallone deixara de ser um mito a muitos anos e nenhum de seus filmes causou a mesma sensação de outrora. A história teria terminado e o que viria a seguir poderia muito bem se chamar de caça-níqueis ou o desespero de um homem cuja carreira se foi e que não tinha mais nada a perder.

Felizmente, existia um ponto na qual sempre concordei: A Saga terminou mal e Rocky merecia um final, não que fosse feliz, mas adequado. Rocky foi em sua estréia um exemplo do Sonho Americano que, mesmo equivocado, prostituído e manchado ainda assim não deixa de ser um grande ideal de luta e perseverança que merece ser seguido e sonhos não morrem assim tão facilmente. Logo, Rocky VI alimentava uma esperança de que, mesmo que o filme fosse ruim, ao menos poderia dar uma chance ao personagem para que ele terminasse sua história da mesma forma como começou.

E foi exatamente o que aconteceu…

Rocky Balboa foi um excelente filme. Simples e rejuvenescedor, mostrou o que aconteceu com o lutador durante sua aposentadoria, mostrou o que aconteceu com sua família, seu filho e acima de tudo, lhe deu uma segunda chance em leva-lo aos ringues de forma coerente, em comparação e total contraste com o mundo do Boxe e cinema que conhecemos hoje em dia.

A Saga Rocky merece ser revista completa e se puder ter a oportunidade, eu recomendo que o faça. Como homenagem, eu deixo aqui alguns de seus vídeos mais marcantes e uma verdadeira lição sobre a vida que Stallone revelou em seu ultimo filme.

Aprenda a apanhar para aprender a vencer sem ser derrubado. No final, valerá à pena.

Até.

[Cinema] Sai novo trailler sobre King of Fighters

Depois de muito tempo afastado, vou ressuscitar este que é o meu díario virtual. E para começar, uma noticia que não tem como ser ruim.

Saiu mais um trailer da versão longa-metragem de King of Fighters e como se pode conferir, tem grandes possibilidades de ser uma grande merd##. É curiosos ver que os produtores de cinema ainda não entenderam o recado de Street Fighter – A Batalha Final (o filme do Van Damme), Residente Eivl e o atual Dragon Ball que é não descaracterizar a obra original. Os fãs não aceitam mudanças drásticas e o longa de King of Fighters tem grandes chances de repetir este erro.

Segue o video e tire suas próprias conclusões.

Até.

[Critica] Dragonball Evolution

<!–[if !mso]>

st1\:*{behavior:url(#ieooui) } <![endif]–>

A opinião a seguir foi postada em resposta ao podcast Anime Freak Show #02. Visitem o site e ouçam o programa.



Dragonball Evolution (DBE) foi uma das piores experiências que já tive com adaptações. O Roteiro é péssimo, os atores estão péssimos, os efeitos estão péssimos. Foi a pior coisa que já vi e consegue ser pior que a versão live-action oriental.

 

Entretanto alguns pontos precisam ser vistos. Concordo que, se fosse uma adaptação fiel (como Watchmen) do mangá e anime, DBE poderia ter ficado ainda pior do que já esta, visto que a história original também não funciona. Sejamos francos, gostamos de Dragon Ball por causa das lutas intensas, emocionantes e com um impacto tão grande que poderiam ser comparadas ao que os Deuses (escolha sua religião politeísta favorita aqui) fariam se saíssem na porrada entre si e não por causa da trama, que por sua vez, é mais rasa que um pires. Lutas estas por sinal que nem sequer chegaram a ser uma sombra na versão DBE, o coreógrafo deveria devolver o dinheiro que recebeu por ter feito um trabalho tão ruim, que já começa pela luta entre Goku e Son Gohan. Eu realmente também não esperava ver casas com formato redondo, dinossauros andando por ai ou um presidente com a cara de um cachorro, pois se visse, xingava ainda mais do que já estou xingando. Se fosse para fazer desta forma, que se adaptasse a Lenda na qual Dragon Ball se originou e não o mangá. Sobre um filme com animais e Kung-fu, temos Guerreiros da Virtude, que fique assim.

 

Embora reconheça que a idéia para o roteiro tenha chegado perto de uma adaptação aceitável do universo de Dragon Ball e entenda isto da forma que quiser, isso não justifica o porque dele ter ficado tão ruim no produto final. Ficou claro que os roteiristas e a produtora desconheciam (ou se importavam) totalmente aquilo que os fãs gostariam de ver, direcionando seus esforços para um publico que não iria sustenta-lo no cinema ou em qualquer outro tipo de mídia por muito tempo: o publico infantil. Este desconhecimento permitiu criar uma versão completamente equivocada, nada a ver com a versão original, exceto pelo nome da série e de seus personagens, deixando de lado os elementos orientais e gerando uma trama imbecil e americanóide de adolescentes retardados. Não, eu não gostei da forma sobre como a história das Esferas do Dragão foi abordada no filme.

 

É claro que os personagens tinham que ser adaptados se a linha seguisse o nosso mundo atual, mas Goku ficou descaracterizado demais ao ser apresentado como um adolescente tímido, fraco e aparentemente covarde (o Goku original era inocente, mesmo aos 15 e apenas isto, o que faz toda a diferença), mas eu culpo mais a atuação do ator que o interpreta do que o roteiro. Realmente, o romance entre Goku e a Chi-Chi tinha que acontecer de outra maneira, pois de forma alguma iria funcionar se seguisse o original, mas ficou muito mal feito, sem sentido e sem carisma. Nada tenho a dizer sobre a Bulma, foi uma das poucas coisas que gostei do filme e sobre o Mestre Kame, acredito apenas que não era o papel adequado ao perfil que temos do Chou Yun Fat. Ele não atuou mal, convence como um mestre bom de briga, mas não como um tarado, o que é a essência principal do Mestre Kame. O restante segue ladeira abaixo: a Mai nem precisava estar no filme e o Piccolo já figura entre os Piores Vilões do Mundo, não por sua maldade, mas por ter sido terrivelmente adaptado e interpretado. Yamcha? Você só pode estar brincando. É de um mal gosto  tamanho que só pode ser superado por aquele patético Sifu Norris (meu deus!), que sifude…..

 

E cadê a trilha sonora? Mas dou um desconto a musica da Ayumi Hamasaki no final do filme. Foi outra das poucas coisas boas que este filme tinha.

 

Se esquecermos o original, Dragonball Evolution bem que pode fazer sucesso entre as crianças e por isto pode vender bem seus produtos licenciados, mas seja como adaptação ou meramente baseado, o filme não funciona e se tornou um imenso desastre. O que é uma pena, pois prometia. Lembro-me de ter dito a alguns amigos após ver os efeitos especiais das cenas de luta entre o Neo e o Agente Smith em Matrix Revolution (estou falando somente da luta final e não do filme ok), um combate que resume muito do que eu esperava de um quebra de Dragon Ball em live-action, que um longa de Dragon Ball realmente seria possível com todos os poderes exagerados e cósmicos que a serie apresenta, colocando no bolso qualquer adaptação de super-heróis e talvez, servindo como referencia para que novas adaptações de mangás e animes chegassem decentemente nas grandes telas. Matrix é muito mais Dragon Ball do que este filme da Fox, da mesma forma que o City Hunter do Jackie Chan é mais Street Fighter do que o Street Fighter do Jean Claude Van Damme. Nem Speed Racer, outro fracasso (mas que eu gostei muito) conseguiu ser tão ruim e além disso foi muito mais fiel a sua versão original do que DBE. Concordo totalmente que nem deveria ter ido para o cinema. Que fosse direto para o DVD, pois não vale o ingresso. Dragonball Evolution também me faz lembrar o filme Final Fantasy – The Spirit Within, com uma diferença: Spirit Within é um excelente filme de ficção, mas não é Final Fantasy, enquanto DBE é um péssimo filme de ação e não é Dragon Ball.

 

Nota do Filme: 4 de 10, 10 de 100, ou PageRank 0. Quem ainda não viu mas tem estômago para ver um bom lixo, como dica eu recomendo que Comprem no camelô mais próximo e que processem o cara se este lhe cobrar mais que R$1 nesta porcaria. 

 

Até.

 

Mágico.

[Cinema] Dragon Ball Evolution – Deferenças e Semelhanças.

dragonball-evolution-20081210100048334

De acordo com o Blog Dragon Ball Evolution, foram divulgados as semelhanças e diferenças entre a versão Live-action e a versão Original (mangá e anime).

Confira a lista abaixo.

AS DIFERENÇAS:

Goku é um aluno do Ensino Médio
O Vovô Gohan não morreu
O cabelo da Bulma não é todo azul
Mestre Kame não é careca
Mestre Kame não usa óculos escuros
O Yamcha é meio loiro
O Macaco Gigante aparece durante um eclipse
Goku não tem rabo de macaco
Sheng-Long tá mais pra dragão ocidental que oriental
Mai tem a habilidade de modificar seu corpo
Bulma sabe lutar
A ilha do Mestre Kame fica no meio de uma cidade
Sheng-Long só é invocado em um templo
As cápsulas se transformam nos objetos

AS SEMELHANÇAS:
Goku é um Saiyajin
Piccolo é um Namekusei-jin
Bulma é uma cientista
Tem a Corporação Cápsula na história
Yamcha é um bandido do deserto
Chichi sabe lutar
Kame é bem humorado
Kame gosta de mulher
Goku tem cabelo espetado
Piccolo é verde
Mai trabalha para o Piccolo
Goku tem a esfera de quatro estrelas
As esferas reunidas invocam Sheng-Long
Goku usa a mesma roupa do animê e mangá
Na roupa de Goku há o símbolo do Kame
Kame ensina Goku a usar o Kamehamehá
Eles voam
A técnica Mafuba aparece
Piccolo esteve aprisionado por anos
Piccolo cria servos
Explosões de Ki
Batalhas aéreas
Macaco Gigante
Bastão Mágico que é chamado pelo nome original
Torneio de Artes Marciais
A relação de Bulma e Yamcha
A relação de Goku e Chichi
Yamcha é vilão no começo

Fonte e Tradução: Anime Pro

[Cinema] Rule – Ayumi Hamasaki canta DragonBall Evolution

Para todos aqueles que torciam pelo retorno de Hironou Kageyama como o cantor do tema do filme DragonBall Evolution, segue uma má e ao mesmo tempo uma boa noticia.

Ayumi Hamasaki, uma das mais famosas cantoras de J-Pop no Japão, irá interepretar a canção “Rule”, cogitado para ser o novo tema para o filme.

“Rule” sera o tema oficial do longa para o mundo todo, surpreendendo aqueles que acreditavam que este receberia uma versão ocidental e interpretadas por artistas ocidentais. Uma curiosidade é que cantora, no inicio de 2008, anunciou publicamente que perdeu totalmente a audição do ouvido esquerdo, um problema notório em sua carreira que completa 10 anos.

O filme será lançado no Japão em 13 de março de 2009, um mês antes do restante do mundo. Em breve mais detalhes sobre a música.

ayumi-hamasaki-10

Até.

[Cinema] Akira Toriyama comenta Dragon Ball Evolution

Antes de um vídeo divulgado pela Oricon, apareceu um depoimento de Akira Toriyama falando o que acha do Live Action de sua criação, Dragon Ball. Confira se o autor está a favor dessa adaptação ou se acha isso uma bomba:

Como o criador, eu fiquei meio “Heim?” depois de ver cenas e os character designs. Mas o diretor, os atores, todo mundo que trabalhou nesse filme são pessoas de ultra alto-calibre. A melhor maneira para eu e os fãs apreciarem o filme seja considerando-o como um NOVO DRAGONBALL que acontece numa dimensão paralela. Talvez, isso se torne um grande filme! Vamos dar uma olhada quando sair!

Não precisa ser um grande estudioso de semiótica para perceber que até o autor ficou assustado com as mudanças na sua história. Mas o que importa é que ele está contente e vai lucrar como nunca.

Anime Pro

[Cinema] Star Trek – O Filme esta pronto.

O Filme esta pronto. É o que anuncia JJ Abrams no Facebook.

O novo longa-metragem sobre Star Trek estréia do dia 8 de Maio de 2009 e tem o dever de arrumar a casa, de trazer sangue novo para franquia, explorada ao estremo durante longos (e prazerosos) 18 anos nas mãos da Paramout, Rickl Berman e sua turma.

Honestamente eu não sei o que esperar deste novo filme. Para ser sincero, eu não quero sequer imaginar o que virá, tudo para não perder o clima de aventura e saudosismo que certamente renasceram em todos os fãs. Pelas poucas fotos que foram publicadas e pelo maravilho trailer, nota-se que o respeito pelas origens foi mantido e que a cronologia, de certa forma, será mantida, para felicidade de todos nós. Mesmo assim aguardo por algo novo e surpreendente, o que faz apenas aumentar a expectativa pelo que virá.

Como ainda tem gente e fãs que ainda não viram este trailer, segue-o o vídeo em anexo. Visite o site Trek Brasilis, e participe da contagem regressiva para aquele que certamente, será um dos melhores filmes de 2009.

Até.