Gundam em Escala Real – 18m

Japoneses constroem robô de 18 metros para celebrar aniversário de animê

Réplica de herói da série ‘Gundam’ está sendo montada em parque.
Estátua também promoverá candidatura de Tóquio às Olimpíadas.

Do G1, com informações da AFP

 

Foto: Yoshikazu Tsuno/AFP

Japoneses observam estátua de 18 metros do robô do desenho ‘Gundam’, em Tóquio. Ainda em construção, a réplica gigante do herói do animê deve ser concluída no próximo mês para as comemorações dos 30 anos do seriado e para promover a candidatura de Tóquio para as Olimpíadas de 2016. (Foto: Yoshikazu Tsuno/AFP)

 Isto sim é que é Homenagem. Maiores informações acessem: Guanabara.Info

Fonte: G1

[Critica] Dragonball Evolution

<!–[if !mso]>

st1\:*{behavior:url(#ieooui) } <![endif]–>

A opinião a seguir foi postada em resposta ao podcast Anime Freak Show #02. Visitem o site e ouçam o programa.



Dragonball Evolution (DBE) foi uma das piores experiências que já tive com adaptações. O Roteiro é péssimo, os atores estão péssimos, os efeitos estão péssimos. Foi a pior coisa que já vi e consegue ser pior que a versão live-action oriental.

 

Entretanto alguns pontos precisam ser vistos. Concordo que, se fosse uma adaptação fiel (como Watchmen) do mangá e anime, DBE poderia ter ficado ainda pior do que já esta, visto que a história original também não funciona. Sejamos francos, gostamos de Dragon Ball por causa das lutas intensas, emocionantes e com um impacto tão grande que poderiam ser comparadas ao que os Deuses (escolha sua religião politeísta favorita aqui) fariam se saíssem na porrada entre si e não por causa da trama, que por sua vez, é mais rasa que um pires. Lutas estas por sinal que nem sequer chegaram a ser uma sombra na versão DBE, o coreógrafo deveria devolver o dinheiro que recebeu por ter feito um trabalho tão ruim, que já começa pela luta entre Goku e Son Gohan. Eu realmente também não esperava ver casas com formato redondo, dinossauros andando por ai ou um presidente com a cara de um cachorro, pois se visse, xingava ainda mais do que já estou xingando. Se fosse para fazer desta forma, que se adaptasse a Lenda na qual Dragon Ball se originou e não o mangá. Sobre um filme com animais e Kung-fu, temos Guerreiros da Virtude, que fique assim.

 

Embora reconheça que a idéia para o roteiro tenha chegado perto de uma adaptação aceitável do universo de Dragon Ball e entenda isto da forma que quiser, isso não justifica o porque dele ter ficado tão ruim no produto final. Ficou claro que os roteiristas e a produtora desconheciam (ou se importavam) totalmente aquilo que os fãs gostariam de ver, direcionando seus esforços para um publico que não iria sustenta-lo no cinema ou em qualquer outro tipo de mídia por muito tempo: o publico infantil. Este desconhecimento permitiu criar uma versão completamente equivocada, nada a ver com a versão original, exceto pelo nome da série e de seus personagens, deixando de lado os elementos orientais e gerando uma trama imbecil e americanóide de adolescentes retardados. Não, eu não gostei da forma sobre como a história das Esferas do Dragão foi abordada no filme.

 

É claro que os personagens tinham que ser adaptados se a linha seguisse o nosso mundo atual, mas Goku ficou descaracterizado demais ao ser apresentado como um adolescente tímido, fraco e aparentemente covarde (o Goku original era inocente, mesmo aos 15 e apenas isto, o que faz toda a diferença), mas eu culpo mais a atuação do ator que o interpreta do que o roteiro. Realmente, o romance entre Goku e a Chi-Chi tinha que acontecer de outra maneira, pois de forma alguma iria funcionar se seguisse o original, mas ficou muito mal feito, sem sentido e sem carisma. Nada tenho a dizer sobre a Bulma, foi uma das poucas coisas que gostei do filme e sobre o Mestre Kame, acredito apenas que não era o papel adequado ao perfil que temos do Chou Yun Fat. Ele não atuou mal, convence como um mestre bom de briga, mas não como um tarado, o que é a essência principal do Mestre Kame. O restante segue ladeira abaixo: a Mai nem precisava estar no filme e o Piccolo já figura entre os Piores Vilões do Mundo, não por sua maldade, mas por ter sido terrivelmente adaptado e interpretado. Yamcha? Você só pode estar brincando. É de um mal gosto  tamanho que só pode ser superado por aquele patético Sifu Norris (meu deus!), que sifude…..

 

E cadê a trilha sonora? Mas dou um desconto a musica da Ayumi Hamasaki no final do filme. Foi outra das poucas coisas boas que este filme tinha.

 

Se esquecermos o original, Dragonball Evolution bem que pode fazer sucesso entre as crianças e por isto pode vender bem seus produtos licenciados, mas seja como adaptação ou meramente baseado, o filme não funciona e se tornou um imenso desastre. O que é uma pena, pois prometia. Lembro-me de ter dito a alguns amigos após ver os efeitos especiais das cenas de luta entre o Neo e o Agente Smith em Matrix Revolution (estou falando somente da luta final e não do filme ok), um combate que resume muito do que eu esperava de um quebra de Dragon Ball em live-action, que um longa de Dragon Ball realmente seria possível com todos os poderes exagerados e cósmicos que a serie apresenta, colocando no bolso qualquer adaptação de super-heróis e talvez, servindo como referencia para que novas adaptações de mangás e animes chegassem decentemente nas grandes telas. Matrix é muito mais Dragon Ball do que este filme da Fox, da mesma forma que o City Hunter do Jackie Chan é mais Street Fighter do que o Street Fighter do Jean Claude Van Damme. Nem Speed Racer, outro fracasso (mas que eu gostei muito) conseguiu ser tão ruim e além disso foi muito mais fiel a sua versão original do que DBE. Concordo totalmente que nem deveria ter ido para o cinema. Que fosse direto para o DVD, pois não vale o ingresso. Dragonball Evolution também me faz lembrar o filme Final Fantasy – The Spirit Within, com uma diferença: Spirit Within é um excelente filme de ficção, mas não é Final Fantasy, enquanto DBE é um péssimo filme de ação e não é Dragon Ball.

 

Nota do Filme: 4 de 10, 10 de 100, ou PageRank 0. Quem ainda não viu mas tem estômago para ver um bom lixo, como dica eu recomendo que Comprem no camelô mais próximo e que processem o cara se este lhe cobrar mais que R$1 nesta porcaria. 

 

Até.

 

Mágico.