[ANIME/MANGÁ] Ouran e Shoujo Mangá


Ouran e Shoujo Mangá

6a00d8341c7bc453ef00e54f287c908833-800wi

Salve, Salve Gelera.

O texto que lerão a seguir foi compilado como uma comentario parao o AnimeCast #31 que falava sobre o anime e mangá Ouran High School Host Club. Sou um grande fã, do mangá ao anime e gostei muito deste podcast que tinham a participação de Saru, Kalber, Lady Lillium e da famosa Gump. Por ter sido um comentario muito extenso, não pode ser lido na Seção Leituras de Email do programa seguinte, é claro, mas valeu a pena, afinal de contas foi feito de coração.

Como o texto ainda é válido, eu o publico aqui com ligeiras alterações para se adequar ao contexto, mas continuo dedicando-o especialmente a Gump e a Lilium, assim como para todo o Staff do AnimeCast e aos fãs deste anime e shoujo mangá. Advirto que não sou um especialista no assunto, mas para quem quiser saber mais sobre o tema, recomendo muito a leitura dos artigos de Valéria “Utena”, colunista do site Anime Pró, uma grande autoridade quando se fala de Shoujo Mangá. Também recomendo o proprio podcast da qual se originou este artigo, cuja leitura fará mais sentido após ouvir este programa,que pode ser baixado no site AnimeCast.

Boa Leitura e antes que me esqueça, este artigo contém Spoilers.

UM RÁPIDO COMENTÁRIO SOBRE OURAN E SHOUJO MANGÁ.

Shoujo ainda é mal visto entre o publico otaku masculino.

Muitos acreditam que Shoujo é feito apenas para menininhas e homens que curtem isto só podem ser “Emos” (entenda como quiser) ou coisa pior. Isto sinceramente é uma grande bobagem, é possível sim encontrar homens heterossexuais que curtem um bom shoujo e se emocionam. Não há ou deveria haver vergonha alguma em admitir isto, mas certamente menores de 25 anos dificilmente concordariam comigo. Quando ganharem mais maturidade, quem sabe…

É verdade que nós, homens (em sua maioria) somos criados para conquistar, para lutar por nossos objetivos e a separar o que aparentemente seria (teoricamente) adequado a nós daquilo que serve para mulheres, dando pouca atenção e importância aos sentimentos ou de demonstra-los publicamente. Tudo isto é o fruto de uma educação essencialmente machista, que nos obriga a assumir uma posição paternalista em que o homem é o centro e a mulher um mero apoio, governanta e reprodutora. Horrível? Com certeza, mas acreditem, existem seleções ainda piores. Apesar disto, nós homens curtimos sim um bom romance, a maioria esconde, mas é inegável afirmar que estamos sim expostos a possibilidade de nos apaixonarmos, de ter medo, de ficarmos fascinados ou excitados pelos mais diferentes motivos e situações.

– Sobre o Ouran Host Club.

Ouran é um shoujo que segue mais em direção a comédia do que ao drama. Ele é exatamente o que se propõe a ser: uma comédia romântica. Cada personagem tem sua função (até o Mori) e auxilia no desenvolvimento da (curta) trama ao longo do anime e das hilárias situações na qual se envolvem.

Ouran_Cosplay___Fruits_Basket_by_YoukaiYume

Foi uma excelente adaptação do manga original, criação de Hatori Bisco. O final pode não ter sido lá muito agradável, mas pelo menos foi muito melhor que o final da versão Anime de Fruit Basket e mais interessante, afinal de contas tenho certeza de que todos aqueles que chegaram até ali esperavam ver como Tamaki e Haruhi iriam terminar.

Falando dos personagens, o meu preferido continua sendo a Haruhi pelo motivo mais óbvio: sua força de vontade e atitude. Ela é a única que realmente não esta enganando ninguém, pelo menos não voluntariamente. Ela não se escondeu sob a fantasia de ser vestir e agir como um homem, foram os outros que a forçaram a isto e quanto ás clientes que ela atende, elas vêem nela apenas aquilo que mais desejam, segundo o ponto de vista da autora. Não sei se isto foi abordado no manga, pulicado atualmente pela JBC, mas acredito que pouca coisa mudaria se descobrissem a verdade sobre o “segredo” de Haruhi. Ela é independente, inteligente e com grande senso de responsabilidade, ou seja, ela consegue ser mais séria do que o Mori, o que por si só já é uma grande contradição, se levarmos em conta que as situações em que se envolve são hilariantes. O lugar de Haruhi de fato é no Ouran e não no Lobélia, onde seria apenas mais uma na multidão. E se ela for filha da Grande Atriz de Lobélia, bem, pelo menos a interpretação de robô ela soube fazer muitíssimo bem.

ouran-host-club

Fujioka Haruhi é uma bela critica ao tipo de heroína existente nos mangas shoujo. Ela não depende de outros homens, não fica se lamentando inutilmente ou perde-se em duvidas a respeito de seus sentimentos, ou seja, é totalmente anti-clichê. Claro que isto muda com o desenrolar da história, mas a priori ela é a mais cabeça de todos, inclusive e talvez até um pouco mais do que o Kyoya. Como não podia deixar de ser em um anime estilo Harém, estilo narrativo onde a heroina central é reodeada por diversos homens ou vice-versa, todos acabam se apaixonando por ela, o que torna o anime ainda mais engraçado ao ver a disputa que isto acaba gerando. A autora foi muito feliz com o desenvolvimento desta personagem. Talvez siga o mesmo exemplo de Utena, só que Haruhi é um pouco mais decidida e, é claro, carismática a sua maneira.

Quanto aos demais vou ser bem breve. Suou Tamaki é o príncipe e ponto final, além de ser o completo oposto de Haruhi. Praticamente todos os clichês utilizados para heroinas de shoujo estão representados no Tamaki, uma bela inversão de papeis e que torna Ouran ainda mais interessante. De qualquer forma, se toda história precisa de seu palhaço, Tamaki faz isto muito bem, servindo de contra-ponto com a Haruhi e, é claro, um belo casal.

Ootori Kyoya é o personagem mais enigmático da história. Sem ele o clube não anda e sem o clube ele continuaria sendo apenas mais um ambicioso. Ele gosta do que faz e graças ao próprio negócio, consegue esconder este prazer muitíssimo bem. Haruhi e a Renge estavam certas ao seu respeito, só que nunca conseguiriam provar isto publicamente, sem que ele deixasse. O ponto alto foi quando ele deu o troco no pai, um tapa que tenho certeza doeu muito mais do que aquele que recebeu dele no festival dos alunos. Seu principal erro talvez seja acreditar sinceramente que seu pai não o levava em consideração e que sua busca por superação e aprovação por ele tenha sido inútil. O erro neste caso esta no fato de que o Pai na verdade se importava, tanto que seria ele, Kyoya, quem assumiria seu lugar nas empresas. O problema é que ele desejava ver Kyoya se superar, ao custo de seu afeto, o que acabou os separando. Além do clube, Kyoya administra muitos outros negócios em paralelo e em segredo (dai a fonta de sua fortuna para a compra secreta das empresas do pai), sendo o clube sua maior fachada, o que nos leva a uma pequena duvida e curiosidade: No que diz respeito ao jogo da Renge: não teria sido Kyoya quem criou aquele jogo, aproveitando da experiência e popularidade do Host junto às mulheres? Se isto fosse verdade, o personagem com a qual Renge se apaixona não seria a verdadeira face oculta de Kyoya?

Os Irmãos Hitachiin Hikaru & Hitachiin Kaoru representam e muito bem o lado Yaoi da história, tema este que sera abordado futuramente no Mestre Mágico Blog, mas sem muita pressa. Ao exemplo de Kyoya, eles sabem muito bem o que estão fazendo e manipulam como ninguém os sentimentos das moças ao seu redor com seu truque não tão falso assim, de irmãos apaixonados. Vê-los sacanear o Tamaki e darem discaradamente em cima da Haruhi são uma das coisas mais engraçadas do anime e o melhor troco que receberam foi quando Tamaki os considerou, juntamente com Mori, Honey e Kyoya (?!), como parte do núcleo Homossexual e não gostaram (não sei porque, afinal, eles são mesmo!!!). Sem eles a história não seria tão cômica e certamente iria cair no drama pessoal, deixando a história um tanto chata.

O que dizer de Haninozuka Mitsukuni (ou Honey-senpai? Nada que não seja muito, e eu deposito mita enfase no MUITO comprometedor e suspeito, ainda mais do que já escrevi neste comentário, simplesmente porque o Honey é tão fofo e doce quanto o seu nome. Portanto, sejamos pessoas legais e vamos pular o Honey, ok ^_^x.

Morinozuka Takashi (Mori-senpai) é outro grande personagem. Mas como um cara caladão como ele poderia ser tão popular? O motivo é bem simples: Ouran é uma anime para ser visto com os sentimentos, não com a razão. É o sub-entendido, como em todo bom shoujo o que realmente conta e não o físico e material. O amor que eles oferecem a suas clientes seria o típico romance ideal, fantasioso, lindo. Um flerte feito com carinho e muita, muita atenção a pessoa que o recebe. O capitulo onde o Club Zuka aparece explica muito bem isto e mostra as diferenças: Ouran representa o Amor romântico, imaginário e envolto de sentimentos enquanto o Zuka é o romance proibido, onde o desejo se volta para o físico. Pelo menos foi assim que eu entendi.

Ok, e o Mori com isto? Bem, se olharmos com os sentimentos, veremos que ele é o único personagem que não se veste ou age como uma mulher e que consegue se impor, seduzir, recusar um pedido de namoro, além de mostrar a quem seu coração realmente pertence e o que sente SEM DIZER UMA UNICA PALAVRA OU MEXER UM UNICO DEDO. Mesmo que não queira, mesmo que não o ouça, você não consegue ignorar a presença dele em qualquer cena em que estiver e são justamente os episódios com ele, agindo desta maneira, que se tornaram os melhores capítulos. Resumindo, o Mori-sempai é o cara e ponto final.

Eu amo a Renge. Somos nós, Otakus e Otomes (os das antigas,ok), quem ela representa e sua participação é muito bem vinda. Faz muito mais sentido ou tem mais graça ver que certas explicações venham dela, ao invés do Tamaki como ocorre no manga. E sua entrada marcante com o riso ala Kodachi – a Rosa Negra (Ranma ½) e seu Motor de Alta-Potência, dão um certo charme à personagem e aos episódios em que participa. Só lamento que esta personagem não participe tanto no mangá

Eu discordo que o primeiro capítulo seja ruim, como alguns consideram. Realmente o anime só engrena depois de alguns episódios e volta a ficar meio fraco quando esta próximo de seu final, mas o primeiro esta entre os mais engraçados. Talvez a história da moça ciumenta não agrade tanto, mas funciona ao mostrar quais são as intenções com o tema que o anime deseja apresentar. Pessoalmente, o anime me conquistou logo no primeiro episódio, já o meu favorito, continua sendo “Haruhi no País das Maravilhas”.

zuka

Outra coisa em que discordo é que o episódio com o Zuka Club fosse desnecessário. Muito pelo contrario, é justamente neste episódio que se encontra a grande mensagem do anime. Oculto em meio à comédia que é o anime, temos passagens que são muito profundas. A grande mensagem, pelo menos a que entendi de Ouran Host Club é o Amor e todas as suas forma entre os casais, a relação entre os familiares e como elas demonstram o seu afeto, pois vivemos em uma Era onde tudo é mais direto e informal.

No episódio em que o Zuka Club aparece, a Benimaru deixa bem claro como é esta mensagem: Tamaki exclama seu amor declarando ser capaz de morrer pela moça a sua frente e é ai onde esta o problema. A morte, apesar de honrosa quando oferecida em troca da vida de alguém que ame, faz ocorrer também o problema de deixar esta pessoa sozinha e desamparada, o que entra em contradição com o que esta sendo oferecido. Benimaru explica que é justamente o contrario o que deve ser feito, ou seja, o amor verdadeiro vem da permanência, da atenção constante e frequente. Não se deve morrer pela pessoa que ama e sim, viver ao seu lado, dando carinho, conforto e atenção pelo maior tempo possível. Certamente muita gente não entendeu isto, dai o porque deste episódio ser tratado com descaso. Além disso, tenho certeza de que estes mesmos críticos devem (ou não) possuir companheiras (os) e fazem justamente o oposto, mas demonstrando ou querendo demonstrar as mesmas intenções que o Tamaki.

O Host Club e seus personagens mostram varias formas sobre como o amor pode e é demonstrado: do exagerado e atencioso de Tamaki, o fraternal dos Irmãos Hitachin, o inocente de Honey, o protetor de Mori e Haruhi, ao ausente ou indiferente de Kyoya, que é mais ou menos o que demonstramos atualmente. A trama foi muito bem construída sob este aspecto e esta mensagem infelizmente, acaba sendo ignorada, seja por causa da graça, seja por causa de nosso preconceito, o que é muito lamentável. O episódio com o Zuka Club demonstra a importância e o motivo do Host Club existir, pois oferecem estas variações de amor, mesmo que sejam falsas, a tipos de pessoas que não a teriam realmente ou como poderíamos expressar o nosso amor pelas pessoas as quais temos afeição. O Host Club descrito no anime e no mangá também serviria como desculpa para mostrar como a nossa sociedade se tornou indiferente, fria e apressada, mas foi descrito com muito bom humor, de forma que sua mensagem pudesse ser passada.

Finalmente, Ouran Host Club é um anime e mangá que eu recomendo muitíssimo, para quem curte uma boa comédia romantica. Sua trilha sonora é fantastica, seus persongens carismáticos e sua história consegue ter uma grande profundidade, sendo bem simples. Este é uma obra que vale a pena ser vista e revista diversas vezes. O Anime ainda foi lançado oficialmente noBrasil, mas seu mangá pode ser encontrado mensalmente nas bancas de todo o país

Até. Adieu, mon ami.

YAHOO!!!!

Mágico.

Anúncios

4 comentários em “[ANIME/MANGÁ] Ouran e Shoujo Mangá

  1. a eu fui recomendado por uma amiga e posso diser que sou um grande fã de death note mas estou gostamdo ainda mais de ouran obrigado por defender quen gosta desse tipo de manga romantico e comico escluindo o death note mas nos fãs de mangas somos um pouco descriminados como esse lixo emo..valeu aqui ta o meu orkut pra contato kevinms2009@hotmail.com…valeu

    Curtir

  2. Nossa,concordo com tudo que você escreveu.
    Também gostei do anime no primeiro episodio,e não consegui parar de ver até o capitulo final,qual pensei que teria pelo menos um beijo do Tamaki com a Haruhi. ( pena T.T)

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s